quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Diário de Intercâmbio: Mochilão Europa


Diz aí, quem nunca sonhou em fazer um mochilão na Europa? Se você nunca pensou, fica a dica das coisas mais lindas a se fazer nesse mundão! E pra facilitar o plano de vocês de realizar essa aventura, hoje eu decidi trazer dicas que super me ajudaram a viajar pelas cidades européias, conhecendo lugares MA-RA-VI-LHO-SOS sem gastar muito (sim, isso é possível!).



VOOS LOW COST: Na Europa é super fácil de encontrar voos baratíssimos por companhias low cost e muitas vezes, por mais incrível que possa parecer, sai mais vantajoso viajar de avião do que de trem pelos países. Lá existem várias opções dessas companhias aéreas, como a Vueling, EasyJet e a mais famosa delas, a Ryanair (<3). A única restrição dessas empresas é com as bagagens, tens direito de levar apenas bagagem de mão grátis, se quiseres bagagem de porão, vais pagar às vezes um valor até mais caro do que pagaste na passagem. No site da Ryanair, eles disponibilizam até as dimensões dos dois volumes que são permitidos pela empresa (mala de até 10kg com as dimensões máximas de 55 cm x 40 cm x 20 cm e bolsa com as dimensões máximas de 35 x 20 x 20 cm).  Confesso que na minha primeira viagem, fiquei bem preocupada com isso, mas depois desencanei, porque não tem uma vigilância muito grande com isso, a não ser que tua mala seja exageradamente maior que a permitida, aí eles vão querer pesar e medir e vais ter que pagar sem choro a taxa cobrada pela empresa. Não te prometo que vai ser o voo mais confortável da tua vida, vais ter que comprar até a água que quiseres tomar, mas viajar pra diversos lugares pelos menores preços possíveis, vai valer muito a pena! Mas uma dica super importante é: pesquisa! Pesquisa com bastante antecedência tuas viagens que, com isso, vais conseguir preços ainda menores ou até mesmo preços ótimos em companhias aéreas grandes, como a TAP. Aí é só sucesso. :D

HOSTEL: Porque hotel é muita riqueza, minha gente. Aqui a gente pesquisa hostel, o mais barato e próximo dos lugares importantes possíveis pra não gastar muito com transporte, pede referência de amigo pra não cair em furada e VAI NA FÉ. Já peguei uns maravilhosos e outros bem tensos que eu não recomendaria nem pro meu pior inimigo, mas estou aqui pronta pra outra, contando a história pra vocês. Nesse quesito, realmente não vale ter frescura, porque o importante é ter uma cama pra passar a noite, um chuveiro porque não é porque tu és mochileira que tem que andar por aí fedendo (APRENDAM, MOCHILEIROS) e WI-FI (item de necesidade básica!). Tem vários sites de pesquisa de hostel, como o hostelword, booking, tripadvisor, etc. Lá tu podes ter uma noção básica do que te aguardas nesses lugares, pra não ser pego de surpresa. Outra dica legal é o Couchsurfing, que é basicamente uma rede de pessoas que te acolhem em suas respectivas casas dando um lugarzinho pra ficares (que pode variar desde uma cama até o chão da casa). Eu, particularmente, nunca viajei assim, mas tem MUITA gente que faz isso e tem experiências muito boas pra contar, além de poder economizar mais um pouquinho. Pra conseguir isso, é só criar um perfil no site do Couchsurfing, encontra pessoas das cidades que são os teus destinos de viagem, entra em contato com elas e reza pra ser aceito.

KIT BÁSICO DE VIAGEM: Viajar por empresas low cost é lindo por causa dos preços, PORÉM se tu tiveres levando QUALQUER coisa acima de 100ml, vai ser jogado no lixo sem dó nem piedade. Não importa a marca carérrima que é teu perfume, shampoo, etc, vai pro lixo da mesma forma. Ou seja, pra evitar perder tuas coisas queridas, compra um kit de viagem que vem com potinhos de 30ml pra colocares shampoo, condicionador, hidratante e todos esses itens básicos de higiene. Quanto ao perfume, não adianta, se ele for acima de 100ml, compra um baratinho mesmo só pra te acompanhar durante essas viagens. Outra dica super necessária é relacionada à toalhas! Sim, senhor, é super importante levar toalhas, porque os hostels cobram pra te oferecer uma mísera toalha, então leva a tua junto pra economizar mais essa. Só não esquece de levar a toalha que ocupe menos espaço possível na tua bagagem, eu já cheguei a levar (na maioria das viagens, na verdade) toalha de rosto, porque quase não ocupam lugar na mala e secam mais rápido (o que é ótimo pra não ficar aquele cheiro de roupa molhada em todas as tuas coisas).

SAPATOS: Regra número 1: mulheres, não levem salto. Gente, vocês não tem ideia do quanto vão andar nessas viagens, o pé vai inchar, vai doer, então escolham o sapato mais confortável que tiverem e vão. Vocês vão me agradecer depois disso.

SACOLAS PLÁSTICAS: Sim, leva várias. Vão ser SUPER necessárias. Pensa só: sapato sujo na mesma mala que roupa limpa é algo que não dá certo. Por isso, mesmo que tu não gostes, leva porque vai te ajudar como nunca pra separar tudo que é sujo do que é limpo e vai ajudar a manter tua mala com o mínimo de organização possível.

PESQUISA e MAIS PESQUISA: Ali em cima eu falei dos voos low cost, mas o mais importante de tudo é pesquisar, porque pode ser que tu encontres soluções mais baratas como ônibus ou trem, dependendo de onde e em que época do ano vais viajar.  Na Itália, viajar de trem salvou minha vida, é incrivelmente mais barato, além de ser rápido e bem confortável. Então, principalmente durante a alta estação de viagens, a solução pra não deixares de viajar é procurar viagens por transportes alternativos.

COMIDA: Acredite, fast food vai te salvar inúmeras vezes. Eu nunca gostei de fast food, mas durante essas viagens não tem como correr (talvez isso explique o fato de eu ter voltado gordinha :3). São bem mais baratos e vão conseguir te manter nessa longa jornada. Mas acho essencial experimentar ao menos uma vez as comida típicas do local que são maravilhosas. São um pouquinho caras, porém vale a pena separar um pouquinho da grana da viagem pra isso. Eu tive ótimas experiências provando essas comidas, é algo que realmente não dá pra deixar de fazer, não sei como viveria sem ter provado a paella da Espanha, o crepe da França ou MUITO MENOS a pasta e o gelato da Itália. s2

ROTEIRO DE VIAGEM: MUITO importante, minha gente. Nessas viagens não dá pra perder tempo, então já sabes qual é teu destino? Pesquisa bastante sobre a cidade, sobre os lugares que tu pretendes visitar, vê quais são próximos uns dos outros, pra seguir uma linha lógica de roteiro e aproveitar bastante o que a cidade tem pra te oferecer. Seja curioso mesmo, corre atrás de tudo o que se refere aquele lugar, assim não vais chegar completamente perdido pela cidade.

DIVIRTA-SE: Já falei inúmeras vezes e pra diversas pessoas: viagens no estilo mochilão não são bonitas como vemos nas fotos do Instagram, mas com certeza são as mais divertidas. A gente passa perrengue, fica esgotado, vira noite em aeroporto, fica horas sem dormir, não se alimenta decentemente, mas tem momentos incríveis. Se tu viajares com amigos então, vai ter história pra contar pro resto da vida! Por isso, aproveita, se diverte, porque a vida é curta demais pra não irmos pra Europa. :D

Nenhum comentário:

Postar um comentário