segunda-feira, 18 de maio de 2015

Diário de Intercâmbio: Milão

Chegamos ao último destino do Diário de Intercâmbio, YEY! E é nada mais, nada menos que uma das mais importantes cidades da Itália, Milão.

Milão é a metrópole moderna da Itália. Comparo a cidade à São Paulo, com todo o seu caos urbano de cidade grande, porém com uma riqueza cultural e arquitetônica também grandiosa. Acredito que, igualando as principais cidades italianas, ela é a menos turística em si, com menos pontos a conhecer como Roma, por exemplo, mas em compensação, é cheia de coisas a fazer.

E pra quem não sabe, Milão é ainda considerado o parque de diversões para quem ama moda, então claro que eu quis conhecer.

Duomo
A Duomo é, sem dúvidas, o cartão postal de Milão. É a maior catedral gótica do mundo. Lá dentro cabem até 40 mil pessoas ao mesmo tempo. :O O lugar é imenso e incrível. Começou a ser erguido no século 14 e só ficou finalizada no século 19. Mas vale lembrar que não pode entrar de regata ou bermuda. No dia da visita à igreja, é bom ir com uma roupa mais fechada, se não eles barram mesmo na entrada, não adianta chorar.




Castello Sforzesco
O castelo é um museu dos museus. Ele hospeda cerca de 14 instituições que contém obras preciosas como coleções, bibliotecas, arquivos, etc. O mais famoso é o Museu de Arte Antiga, mas há outros como o Museu do Móvel, Museu de Artes Decorativas e o Museu de Instrumentos Musicais. Para os amantes da arte, esse lugar é indispensável.



Galeria Vittorio Emauele II
A galeria fica estrategicamente localizado entre a Piazza del Duomo e a Piazza della Scala, onde fica o Teatro Alla Scala, uma das óperas mais famosas do mundo. O edifício é lindíssimo, cheio de vitrais no teto, a arquitetura muito bonita. Só por isso, já valia a pena a visita. Ao entrar na galeria, você começa a perceber porque Milão é importante no mundo da Moda. Lá fica várias lojas de marcas como Prada, Versace, Chanel, etc. Além de restaurantes e até um hotel.





Quadrilátero da Moda
É aqui o perímetro mais poder, luxo, riqueza, ostentação de Milão. O quadrilátero da moda nada mais é que um conjunto de quatro ruas (Via della Spiga, Via Montenapoleone, Via Manzoni e Corso Venezia) onde as grandes grifes se localizam. É lá que estão concentradas as grandes joalherias, as lojas de alta moda, de design, os hotéis e restaurantes mais sofisticados e badalados. É o lugar preferido da elite internacional, com certeza. haha

Fingindo estar super em casa no Quadrilátero da Moda. haha!

Eu sou muito grata por ter conhecido todos esses lugares. Com certeza, fez de mim uma pessoa mais rica de cultura, de vivência. Como eu já disse uma vez, mochilão não é glamour nenhum, mas vale cada aperto que a gente passa. Porque conhecer tudo isso é incrível! Sempre fui louca pro viajar, hoje sou muito mais. O Diário de Intercâmbio acaba aqui, mas as dicas de viagens continua. Qual será o próximo destino?

Dica do metrô de Milão para a vida: Enjoy (y)our life!
Beijos,
Lari.

Fotos: Larissa Andrade

Nenhum comentário:

Postar um comentário